Home / Cabo Verde / Nelson Gregor – AMP divulgou resultados da vistoria ao Kriola na comunicação social antes de o fazer à empresa

Nelson Gregor – AMP divulgou resultados da vistoria ao Kriola na comunicação social antes de o fazer à empresa


kriola- cv fast ferryNelson Gregor, administrador da Cabo Verde Fast Ferry, garante desconhecer os resultados da vistoria de segurança, realizada pela Agência Marítima Portuária, e que levaram a que o navio Kriola ficasse parado em São Vicente. “O Kriola é o navio mais seguro” em Cabo Verde, garante Nelson Gregor.

“É interessante que a AMP cativou  os resultados da sua vistoria à Cabo Verde Fast Ferry mas divulgou-os na comunicação social”, criticou hoje Nélson Gregor em reacção às declarações do Presidente da Agência Marítima e Portuária, ontem divulgadas. “Acho que isso não é justo”, reforça.
“Mas para além disso, gostava de perguntar à AMP qual é que é a diferença de hoje para Dezembro quando o Kriola andou a fazer as buscas do navio Vicente”, questiona Nelson Gregor em entrevista à Rádio Morabeza. Buscas que “a AMP mandou o Kriola fazer”, continua.
Nelson Gregor recorda ainda o papel do Kriola enquanto durou a erupção do vulcão do Fogo que levou à suspensão das ligações aéreas com a ilha. “Transportamos milhares de pessoas em viagens extra” afirma, para de seguida questionar: “Qual é a diferença entre aquele momento e agora?”
Quanto aos problemas de estanquicidade, de deficiências no combate a incêndios e de segurança geral do navio apontados pelo presidente da AMP, Nelson Gregor garante que o Kriola “é o navio mais seguro que tem em Cabo Verde. Todo o Kriola tem capacidade de combate a incêndio, tem extintores, é redundante em termos de segurança”.
Nelson Gregor diz assim que “agora a AMP tem de explicar esses problemas”, porque, como garante, “se o navio não fosse seguro o comandante, a tripulação e o chefe de máquinas não viajavam nele”.
Como já tinha referido, as explicações devem vir do lado da AMP, para “sabermos como poderemos fazer. Temos de trazer técnicos da Damen (empresa construtora do Kriola) para se sentarem com a AMP e discutir qual é o problema”. “Nós estamos prontos para fazê-lo”, garante Gregor.
Nelson Gregor assegura não saber a razão que levou a AMP a não permitir viagens do Kriola, porque, como garante, desconhece os resultados da vistoria feita pela AMP. “Mandei-lhes uma carta hoje a pedir oficialmente os resultados da vistoria, porque eles só foram comunicados na comunicação social”.

 

Escrito por  Rádio Morabeza  /expressodasilhas.sapo.cv
quinta, 16 abril 2015

 
Notícia relacionada: http://www.expressodasilhas.sapo.cv/sociedade/item/44411-sao-vicente-ferry-kriola-so-voltara-a-navegar-quando-resolver-problemas-graves-de-seguranca-%E2%80%93-amp

 

 

Facebook Comments
Download PDF
Google+
%d bloggers like this: