Home / Culture / OTACA, o grupo mais antigo do país, é prémio mérito teatral 2015

OTACA, o grupo mais antigo do país, é prémio mérito teatral 2015


O grupo de teatro de Santa Catarina de Santiago, OTACA (Oficina de Teatro e Comunicação de Assomada), foi distinguido com o prémio mérito teatral 2015.

Narciso Freire

Narciso Freire

A votação para o prémio mérito teatral deste ano foi feita na tarde de sábado, 7, e anunciada logo de seguida nas redes sociais. “Em Assembleia Geral para o efeito, a Associação Cultural MINDELACT decidiu, por unanimidade, atribuir o seu prémio anual – de Mérito Teatral – ao grupo mais antigo do país, pelo trabalho em prol do desenvolvimento do teatro e da cultura”, lê-se.

OTACA foi fundado em 1979, e esteve presente nos cursos da Associação Mindelact desde 2000 (ano em que regressaram depois de alguns anos de inactividade). Foi nesse ano que estrearam, pela primeira vez, no palco internacional de teatro de Cabo Verde com “Raboita de Rubom Manel”, com a direcção musical do “grande” Orlando Pantera e regressaram na edição 20 em retrospectiva.

Narciso Freire… reage ao telefone, para a RCV, a partir da Assomada.
Com uma relação forte com o Mindelo, cidade capital do teatro em Cabo Verde, OTACA já participou em cinco edições dos cursos da associação Mindelact, nas áreas de expressão dramática e gestual, máscara, marionetas e escrita do teatro. Todas as formações que lhes valeram para que hoje continuem prosseguindo nas artes cénicas no país.
A primeira peça foi apresentada em 1980 com o tema “Emigração para São Tomé”, no Salão Paroquial da Praia, por ocasião das comemorações do quinto aniversário da Independência Nacional.
otaca2-001“Desde então, e sempre com o enfoque em temas do quotidiano, que retratam questões particulares da tradição da ilha de Santiago, a partir de pesquisas realizados sobretudo junto da população idosa de Assomada e arredores, regista-se uma produção”, lê-se no site da Associação Mindelact.
OTACA tem inúmeras peças encenadas como Massarico, Emigração para Portugal, Bedjo na monti, Chã Pinho, Contrato, Pedido de Casamento à moda antiga, Tchom di Morgado, Raboita de Rubom Manel, Teatrolândia – Contador de histórias baseados na obra de Tomé Varela, Boka Noti.
Na história de OTACA ainda pode se contar que foi o primeiro grupo de teatro a pisar o palco de espectáculo da Assembleia Nacional, com “Raboita de Rubom Manel” em 1986.
“A actividade da OTACA tem sido reconhecida, tendo sido agraciada com a ordem do mérito. De igual modo, já foi objecto de reconhecimento por parte do Museu da Tabanka, bem como da Câmara Municipal de Santa Catarina”.
Este grupo ainda faz pequenas produções de cariz institucional para chamar a atenção para o combate ao HIV, a educação, drogas.
A NAÇÃO

 

Facebook Comments
Download PDF
Google+
%d bloggers like this: