Home / News / Saudades!!! Sinto saudades da minha família

Saudades!!! Sinto saudades da minha família


Hoje amanheci mais emocional que o comum e bateu uma saudade tão grande de minha família, uma vontade de abraçar meu pai e minha mãe. Que saudades desse toque! Me bateu uma saudade dos momentos em família em meu pai vai almoçar e todos ficamos conversando à mesa com meus pais e irmãos, muito bom esses momentos! Uma saudade inexplicável.

Augusto Carvalho

Augusto Carvalho

Sinto saudades de tudo que marcou a minha vida. Quando vejo retratos, quando sinto cheiros, quando escuto uma voz, quando me lembro do passado, eu sinto saudades. Sinto saudades de carros arame feitos por Kaka de djom Miranda e Roberto Nha Djudja.

Sinto saudades dos Professores da escola primaria (Candida Rubalo, Osvaldo Cabesa Carreira, Lena Ortet, Gabriel de nha Luiza Prera)

Sinto saudades exame da 4ª classe com 3 professores Djony nha Branca, Djosa (RIP) Izabel.

Sinto saudades brincar com rodas de mota oferecido por Djonga de D.Amelia Ortet

Sinto saudades de brincar com os meus primos (Fundura,Tchada lem,Cabesa Carreira e Nhagar)

Sinto saudades das Ferias em Santa cruz na casa da Familia Cardoso.

Sinto saudades (de kabesa Rixu) na casa da Familia Sousa na Rua Bossa nova na Praia

Sinto saudades do meu primo Beto Rubalo a me ensinar a andar de mota Tio Joao e Tio Simao a conduzir.

Karru-di-Arami

Karru di arami

Sinto saudades da Praça de Somada

Sinto saudades de fazer compra na EMPA…

Sinto saudades de trabalhar com o meu pai na loja (ta peza quel bolacha, asukar, aroz, drops)…

Sinto saudades dos discos que ouvi (Antonito Sanchez, Blick Tchutci, Pedrinho xale, Eu d Minda, Ze casimiro, Zeca Mende,e que me fizeram sonhar.

Sinto saudades do grupo musical GAMA-80 ta pila mundo Ku Famoso PIO, Djoy de Amadeu, Gau, Zeca cego (RIP) Jorge Padjudu, Tata de Djon Café…

Sinto saudades de amigos que nunca mais vi, de pessoas com quem não mais falei ou cruzei. (…) Sinto saudades do presente, que não aproveitei de todo, lembrando do passado e apostando no futuro.

Sinto saudades do futuro, que se idealizado, provavelmente não será do jeito que eu penso que vai ser. (…)

Sinto saudades dos que se foram e de quem não me despedi direito! Daqueles que não tiveram como me dizer adeus; de gente que passou na calçada contrária da minha vida e que só. ..(para)

augusto-carvalho-02Sinto saudades de coisas que tive e de outras que não tive mas quis muito ter.

Sinto saudades de coisas que nem sei se existiram.

Sinto saudades de coisas sérias, de coisas hilariantes, de casos, de experiências.

Sinto saudades dos livros que li e que me fizeram viajar.

Sinto saudades das coisas que vivi e das que deixei passar, sem curtir na totalidade. Quantas vezes tenho vontade de encontrar não sei o que… não sei onde… para resgatar alguma coisa que nem sei o que é e nem onde perdi…

 

por Augusto Carvalho

 

 

 

 

Facebook Comments
Download PDF
Google+
%d bloggers like this: