Home / News / Guenny Pires ensina cinema a desfavorecidos de África e sua Diáspora

Guenny Pires ensina cinema a desfavorecidos de África e sua Diáspora


Guenny Pires vai nos próximos meses ensinar cinema a jovens carenciados do Brasil, Jamaica, Gana e Guiné-Bissau. Já Portugal, Cabo Verde, S. Tomé e Príncipe e Angola foram beneficiados com esta iniciativa inspirada num conceito da Unesco.

txan film
O realizador cabo-verdiano quer com estes cursos despertar nos mais jovens o interesse pela carreira de realizador, roteirista de documentários e séries para televisão que focam a vida, a história, a cultura e os problemas sociais e ambientais do seu país. “Porque o cinema deve não só divertir como despertar consciências”, argumenta.

O cineasta Guenny Pires empreendeu este seu caminho no ensino em 2013: começou a dar aulas de cinema no bairro da Cova da Moura (Lisboa), com população maioritariamente cabo-verdiana. Seguiu-se Cabo Verde e depois São Tomé e Príncipe. Antes do fim do ano, o realizador cabo-verdiano deve voltar a Angola para repetir a experiência.

Documentarista três vezes premiado em festivais internacionais, Guenny não quer ficar por aqui e prepara-se para, em parceria com a Txan Film e seus associados, continuar os seus cursos em países como Brasil, Jamaica, Gana e Guiné-Bissau. “Somos uma produtora de responsabilidade cultural e representante da diáspora pan-africana”, sintetiza Guenny Pires esta iniciativa.

Asemana/TSF

 

Facebook Comments
Print Friendly, PDF & Email
Download PDF
Google+
%d bloggers like this: