Home / Cabo Verde / Carlos Hamelburg: Resposta ao Manifesto Eden Park

Carlos Hamelburg: Resposta ao Manifesto Eden Park


eden park-carlos hamelburg

Eden Park- Mindelo, S. Vicente

Resposta ao Manifesto Eden Park:

eden park-21. Eden Park, nao esta em Referendo Nacional. 2. Eden Park esta em agonia e morte lenta e iminente, assim como a cidade de Mindelo ( miséria, fome e desespero) 3. Eden Park nao esta classificado pelo IIPC 4. Mindelo nao tem Plano de Salvaguarda 5. Anteprojecto nao êh de especulação imobiliária mas sim de desenvolvimento imobiliário ( sustentabilidade versus rentabilidade) 6. Arquitecto assume o homem da sua época pois vive e continua a viver neste século de novas paradigmas estéticas, de desenvolvimento e de solidariedade. 7. O arquitecto estabeleceu metodologia de abordagem conceitual muito responsavel e com forte participação colectiva. 8. Por isso, a frontalidade, ousadia, e seriedade espera dos outros, agora e surpreendentemente escondidos em Manifestos. eden park-19. Onde estiveram todo esse tempo? O que esta por trás disso? O que fizeram essa gente para Mindelo , até cair em agonia?( ver o estado do edf da Conservatória e vários outros na zona baixa) 10. Por fim,recomendo que estudem com profundidade o projecto, e que analizem de forma topologica o impacto do edf proposto na Praça Nova, que analisem a envolvente através da sua morfologia ,acessos, cotas de implantação, largas visuais,efeitos luz/ sombra, índices de edificabilidade e de ocupacao ( lote contiguo onde se desenvolve os 08 pisoa,o alinhamento( cércea) do corpo pricipal ao futuro Hotel Porto Grande,assim como o programa funcional proposto que vira contribuir para uma forte dinamizacao da vida cultural com espaços temáticos de qualidade e ja referidos Assim peco que deixem de ser ligeiros e contribuem verdadeiramente com sugestões serias e profundas,conhecendo os vários factores e condicionantes deste projecto que se quer de grande importância para o nosso Mindelo.
via Facebook

Estou sempre do lado dos que querem fazer e concretizar. Esta polémica sobre o projecto do Novo Eden Park espelha, mais um vez o estado de sonolência em que vivemos e a anemia crónica da nossa massa critica. Respeito as opiniões de tod@s mas longe de mim ficar calado ou deixar de reflectir criticamente sobre tudo que nos afecta. O Governo classifica Mindelo como Património Nacional por simples brio de corpo do Ministro de Cultura, mas não tem nem nunca teve um plano de salvaguarda. O povo e a massa critica aplaude com estrondo sem saber porquê. É a consequência da folclorização da nossas mentes. Mindelo cai aos pedaços e agoniza perante a passividade das autoridades e dos Mindelenses que supostamente tem a critica e a intelectualidade no seu DNA. Mindelo vai se transformando num parque de memórias ou porque os Mindelenses mais poderosos preferem hoje em dia viver na Praia ou porque os que aí estão e querem soluções para viver o presente simplesmente não têm voz. Não fazem nem nunca fizeram parte da elite letrada ou económica da cidade. Eu como santiaguense, mas acima de tudo como caboverdiano quero que Mindelo dê o salto, quero que Mindelo se desenvolva e ocupe o lugar de destaque que merece no panorama nacional, quero que Mindelo seja o cartão postal de Cabo Verde, quero que os mindelenses tenham qualidade de vida e rendimento para realizarem os seus sonhos. Quero um Mindelo positivo e voltado para o futuro. Desejo que o novo projecto de Éden Park se concretize porque o arquitecto Carlos Hamelberg representa a visão mais inovadora do que se faz hoje em Cabo Verde, quero que o projecto seja realidade pois, por certo, a cidade agradecerá essa nova lufada de frescor arquitectónica e de modernidade que os traços desse novo edifício trarão à urbe e a memória do futuro. – Abraão Vicente

Abraao Vicente

Abraão Vicente

 

Facebook Comments
Download PDF
Google+
%d bloggers like this: