Home / News / MCC aprova desembolso de 16 milhões de dólares para Cabo Verde

MCC aprova desembolso de 16 milhões de dólares para Cabo Verde

MCC aprova desembolso de 16 milhões de dólares para Cabo Verde 17

(Dezembro 2008) O Millennium Challenge Coorporation (MCC) aprovou um desembolso para Cabo Verde de 16 milhões de dólares para cobrir o período de Janeiro a Março de 2009. O montante será canalizado para os projectos de agricultura, estradas de Santiago, pontes em Santo Antão, Porto da Praia e ainda para consultoria, seguimento e avaliação.

MCC aprova desembolso de 16 milhões de dólares para Cabo Verde

Laurent Medhi Brito, coordenador do MCA-Cabo Verde, explicou ao asemanaonline que, dos 90 milhões de dólares engajados por Cabo Verde no quadro do programa criado por George Bush, MCC, 32 milhões já foram desembolsados. “Hoje temos uma modalidade diferente de desembolso, que passa pela apresentação da facturas. Ou seja, os desembolsos são feitos mediante pedidos e o último, de 16 milhões de dólares, já foi aprovado pelo MCC e cobrirá o período que vai de Janeiro a Março de 2009”, informa.

Enquanto isso, o vice-presidente adjunto do MCC para a área de implementação de compactos de financiamento de projectos, Jonathan Bloom, que está em Cabo Verde, desloca-se à Casa do Cidadão amanhã, 18. A visita acontece no quadro de uma missão de avaliação às actividades do Millennium Challenge Account em Cabo Verde.

Bloom vai inteirar-se do funcionamento e perspectivas de evolução daquela que é considerada uma das principais componentes do programa de governação electrónica em curso do país e que mais contribui para a consolidação da boa governação, um dos critérios responsáveis pela eleição de Cabo Verde para os fundos do MCA.

O vice-presidente da MCC será acompanhado pelo director residente do MCC, Stahis Panagides, pelo director do MCA-Cabo Verde, Laurent Mehdi Brito, e por outros responsáveis da corporação, nomeadamente Paulina Teixeira e Luís Maximiano. Para além da visita à CC, o programa da missão de Jonathan Bloom a Cabo Verde compreende encontros de trabalho com as autoridades cabo-verdianas e a avaliação dos diversos projectos desenvolvidos no país no quadro do MCA.

As obras de expansão e modernização do porto da Praia, assim como as estradas de acesso ao interior de Santiago, financiadas com fundos do MCC, também serão observadas de perto, para além do Núcleo Operacional para a Sociedade de Informação (NOSI). No término da estada, Bloom profere uma conferência de imprensa no Porto da Praia.

Constânça de Pina

Facebook Comments
Print Friendly, PDF & Email
Download PDF
Google+
%d bloggers like this: