Home / Uncategorized / Primeiro-ministro de Cabo Verde anuncia morte de Mandela com base em notícia falsa

Primeiro-ministro de Cabo Verde anuncia morte de Mandela com base em notícia falsa

O primeiro-ministro cabo-verdiano anunciou esta segunda-feira de manhã a morte do antigo presidente sul-africano Nelson Mandela, mas, mais tarde, num comunicado, assumiu o erro, indicando ter partido de uma notícia falsa.

José Maria Neves, após terminar ao fim da manhã a intervenção com que se concluiu a cerimónia de assinatura da Concordata entre Cabo Verde e a Santa Sé, acabou por fazer um parêntesis para lamentar a morte de Mandela.
“Gostaria de poder terminar (a intervenção) elevando o nosso pensamento para Nelson Mandela, um dos grandes filhos da humanidade que ora nos deixa, com saudade e exemplo de humanismo. Honra e glória eterna ao nosso Mandela”, afirmou.
Ainda com os jornalistas confusos, pois não havia confirmação oficial da morte do antigo presidente sul-africano, José Maria Neves foi questionado, ainda na cerimónia, sobre o que pensava sobre Mandela, prestando-lhe, depois, homenagem.
“Prestamos um tributo a Nelson Mandela. O Estado de Cabo Verde reconhece o grande contributo de Nelson Mandela à causa da paz, da estabilidade, da liberdade e da democracia no continente africano, sobretudo o grande contributo para o diálogo entre as partes na África do Sul e entre civilizações e culturas na África do Sul e no continente africano”, afirmou então.
“É um grande exemplo em termos de exercício de poder. África precisa dessas lideranças, de homens com um grande desapego em relação ao poder e que querem sobretudo contribuir para o aprofundamento das liberdades, para mais democracia, solidariedade e dignidade dos africanos, e que os governos africanos trabalhem para realizarem o bem comum”, prosseguiu.

Fonte: JN

Facebook Comments
Print Friendly, PDF & Email
Download PDF
Google+
%d bloggers like this: