Home / Uncategorized / Adeus ao Manu “Kat” Santos um lutador e talentoso cabo-verdiano

Adeus ao Manu “Kat” Santos um lutador e talentoso cabo-verdiano


manu kat santosUm sentido adeus ao Manu “Kat” Santos

Faleceu nesta segunda-feira na Florida, Manu “Kat” Santos, após mais de cinco anos batalhando contra o câncer do intestino, que nos últimos meses se espalhou para os ossos e outros órgãos vitais, fragilizando, a pouco e pouco, a vida de um lutador e talentoso cabo-verdiano.

Manu se dedicou ao estudo – da música à informática -, à pesquisa, à criatividade enquanto travava o combate contra a doença. E com humildade foi compartilhando seus conhecimentos para que outros pudessem beber da “fronte desse homem” (*).
Filho de cabo-verdianos, Manu nasceu em Dacar, Senegal. Emigrou com os pais para os EUA quando tinha 12 anos. Iniciou sua carreira musical com o grupo “Express One”, em East Providence, Rhode Island.

express-one-bandManu contou em entrevista a Visaonews, que a primeira vez que subiu a um palco foi para interpretar, no Keyboard, a única canção (África United) que tinha aprendido a executar até então. Isto aconteceu num show em American Legion Hall, Seekonk. Depois integrou o Jamm Band, um dos melhores conjuntos criados por cabo-verdianos nos EUA.

Mais tarde enveredou-se pela engenharia dos arranjos. O primeiro álbum que ajudou a montar foi do artista Dudu Araújo. Posteriormente, com o apoio do irmão Tony, criou um estúdio próprio, o “Kat Studio/Productions”.

Trabalhou em álbuns de vários artistas, incluindo Jack de Pina, Camilo Domingos, João Cirilo, Jon Monteiro (Rome), Tony Amado, Lena Timas, entre outros. Também participou da montagem de discos de Nando da Cruz, Grace Évora, Mizé, Calú Bana e Jacqueline Fortes.

Aos familiares, o colectivo do NobidadeTV expressa as mais sentidas condolências.

• Expressão retirada do Poema “Não há fonte que não beba da fronte deste homem”, de Corsino Fortes.

fonte: visaonews.com

Facebook Comments
Download PDF
Google+
%d bloggers like this: