Home / Uncategorized / António Montrond condenado de violar e engravidar a enteada de 12 anos

António Montrond condenado de violar e engravidar a enteada de 12 anos

Menor violada em Chã das Caldeiras: Padrasto condenado a dez anos de prisão

António Montrond (Antoninho di Kodé), acusado de violar e engravidar a enteada de 12 anos em Chã das Caldeiras (Fogo), foi condenado esta quinta-feira,14, pelo Tribunal da Comarca de São Filipe a dez anos de prisão.
Depois de confessar o crime durante o julgamento da última semana, e de o relatório médico lhe atribuir a paternidade do bebé que nasceria três meses depois de o caso vir a público, o violador ouviu com ar tranquilo o veredicto do juiz.

Antoninho di Kodé está preso preventivamente na cadeia de São Filipe desde que, em Junho do ano passado, o caso veio a público. Foi só nessa altura que a mãe da menor levou a filha ao hospital de São Filipe, onde os exames médicos confirmaram não só a violação sexual como uma gravidez em estado avançado. A menor deu à luz três meses depois.

O padrasto confessou que mantinha relações sexuais com a enteada desde tenra idade e que, para garantir o seu silêncio, a ameaçava de morte. Quando o caso se tornou público, o pai da menor, que é emigrante nos Estados Unidos, accionou o tribunal. Instaurado o processo seguiram-se os testes de ADN e estes confirmaram o crime de Antoninho di Kodé.

Revolta e indignação instalaram-se então entre as gentes de Chã das Caldeiras, que agora pedem punição exemplar também para a mãe da vítima. Ambos são algozes da menina, considera a população. A progenitora, por negligência, e o padrasto por pura selvajaria e malvadez.

Mas, além deste caso tornado público, existem vários outros que não chegam à Justiça, por envolverem pessoas que fazem parte do círculo familiar e de amizade das vítimas. E quando isso acontece, o segredo fica trancado em casa e a vítima sofre calada a violência de quem deveria ser o seu protector.

Facebook Comments
Print Friendly, PDF & Email
Download PDF
Google+
%d bloggers like this: