Home / Opinion / Ninguém é responsabilizado, nenhuma empresa é cobrada, ninguém é demitido.

Ninguém é responsabilizado, nenhuma empresa é cobrada, ninguém é demitido.

E POR FALAR EM CIDADANIA FISCAL

paolino dias…a ver a notícia das inundações no edifício dos Registos e Notariado em Assomada. Não entendo porra nenhuma de construção. Mas seguramente alguém terá falhado: na planificação do edifício, na construção, na remodelação, seja lá onde for: alguém falhou.

E, mais uma vez a culpa vai morrer solteira… Mais uma vez os meus impostos vão ser utilizados para corrigir erros perfeitamente evitáveis. Mais uma vez utentes/cidadãos são prejudicados por “falhas no sistema”. Sem que ninguém seja RESPONSABILIZADO, caramba!

Já vi esse filme antes. Vi na queda da ponte de Órgãos. Vi na queda da ponte na Boavista (e mais 300 e tal mil paus dos nossos impostos a irem na calha sem tugir nem mugir…). Vi nos desvios que tiveram que ser feitos em São Domingos (01 milhão de contos!), menos de dois anos depois da inauguração da estrada com pompa e circunstância… Ninguém é responsabilizado, nenhuma empresa é cobrada, ninguém é demitido.

A estas horas, lembro-me que trabalho todos os anos 3,8 meses apenas para pagar impostos ao Estado. Apenas o IUR! E que este mesmo Estado deve-me 784 contos de impostos pagos em excesso… Dinheirinho utilizado (também!) para corrigir erros como estes…

Rot’fordôma!, pá!, dá-me ganas de bradar, que nem o saudoso Péd Palinha que Deus tenha…

por Paulino Dias

 

Facebook Comments
Print Friendly, PDF & Email
Download PDF
Google+
%d bloggers like this: