Home / Blogs / Carlos Tavares / AMADEU SEMEDO, UM REPORTER QUE CAÇA TUDO

AMADEU SEMEDO, UM REPORTER QUE CAÇA TUDO


Carlos Tavares

Carlos Tavares

O trabalho é a base de tudo na vida. Ele dignifica o homem. O homem trabalha para conseguir o bem-estar, um futuro promissor através da família e uma vida salutar, que permita-lhe almejar novas metas e ambicionar novos horizontes. Mas para isso é preciso muita abnegação, muito sacrifício, pois nada cai do Céu. Sou daqueles que procura dar o seu máximo para o bem comum. Prezo e amo todo o ser humano. Procuro acertar a minha conduta com a sabedoria popular que nos ensina que, devemos ser generosos, autênticos e dignos para com o nosso próximo, pois o que conseguirmos nesta vida fica aqui, não levamos nada para a sepultura. Por isso meus amigos, se tenho de criticar faço-o sem reservas, se tenho de elogiar também faço-o de forma objetiva, oportuna e sem ressalvas. Não deixo nada a título póstumo.

amadeu-radio

Passado o festejo da nossa independência no India Point Park em Providence, resolvi preitear com as minhas escritas, um membro da nossa comunidade pelo seu empenho, profissionalismo e seriedade demonstrada, dando o seu máximo, para que os nossos patrícios estejam melhor informados sobre os acontecimentos ocorridos em Cabo Verde, nos EUA e no mundo. Um homem, que faz por estar atualizado e em sintonia com as novidades deste mundo global, acompanhado da sua máquina fotográfica, com o propósito de registar tudo de importante que o rodeia e que considera de interesse pertinente. Mas para mim, o de mais eminente deste meu patrício e que espertou a minha ponderação, foi o lado prático e sagaz como ele relaciona com os factos enquanto repórter dos Mídias. É um jornalista astuto, pragmático, objetivo e direto. Ele, não tem papas na língua. Os crioulos de Rhode Island sentem-se agradados de o ter nesta comunidade. As mulheres e os homens de colarinho branco que se cuidem! Ele é um autentico paparazi. Caça tudo.

A pessoa de que fazemos alusão não é nada mais nada menos que o AMADEU SEMEDO, natural da freguesia de São Lourenço dos Órgãos, Ilha Santiago em Cabo Verde. Concluiu os seus estudos liceais no liceu Domingos Ramos Praia, foi funcionario do Instituto Nacional de Investigação Agrária actualmente INIDA.

Emigrou para os Estados Unidos de América em 1988, inicialmente residiu em Brockton para depois fixar residência em Providence – Rhode Island, onde mais tarde viria iniciar a sua carreira universitária no Community College of Rhode Island CCRI, onde nos tem presenteado com a sua sabedoria. Um dos exemplos de realce da sua erudição, é a forma sábia como transporta o nome de Cabo Verde à camada jovem, com incidência naqueles que vieram para esta terra ainda criança ou que nasceram cá e que por motivos diversos não conseguem exprimir e/ou comunicar em crioulo, através de programas radiofónicos transmitidos aos Sábados na frequência WRIU 90.3 FM, a partir da Universidade de RI e aos Domingos a partir do Tropical Restaurante via internet www.radiopozitivo.com .

Para que se tenha uma ideia real da dimensão e da importância desta rádio comunitária sito em North Kingston, devo aqui salientar que ela é muito solicitada pelas principais figuras políticas e governativas deste Estado Oceânico, em especial no período eleitoral.

amadeu-ntvEu e o Amadeu Semedo, por coincidência, somos membros do Comité que foi responsável pela organização da festa de Independência em RI, e foi ele quem entrevistou a Presidente e o Diretor das Relações Públicas do Comité, Rosy Tavares e Tony Lima respetivamente, aquando do evento. E devo aqui exaltar a forma isenta e profissional como conduziu a entrevista. Em nenhum momento deixou-se influenciar ou traicionar pela boa relação existente entre ele e os entrevistados. Esta sua atitude enquanto profissional com a importante missão de formar e informar espicaçou-me o que me levou a utilizar este artigo para o elogiar publicamente, visto que essa postura é diminuta no mundo de hoje. Aconselho-vos a ouvir a referida entrevista através do portal www.nobidadetv.com, cujo o web site tem a sua marca sendo o primeiro a apresentá-lo no Estado de RI em 1990.

Para produzir este artigo tive de conversar longamente com o aclamado, enquanto arrumávamos o India Point Park para o festival.  A meu pedido, ele pôs a nu, julgo que parte do seu percurso de vida, para no final reclamar: “Carlos djan kontau tudu nha vida, ma xan fla un kuza. Nhu ta pergunta dimás! E aqui fica revelado o porque de tantas perguntas! Porquanto Amadeu fez por merecer este meu pequeno gesto.

Se antes nutria uma grande admiração por ele, motivado pela sua valiosa participação e ativa contribuição na vida desta comunidade, hoje conhecendo uma boa parte da sua história de vida, aditado a boa impressão deixada por esta entrevista, só me resta augurar-lhe sucessos e muitas felicidades no provir.

Amadeu a comunidade crioula de RI vai precisar sempre dos teus préstimos.

By Carlos Tavares

USA, 16 de Julho 2015

 

Facebook Comments
Print Friendly, PDF & Email
Download PDF
Google+
%d bloggers like this: